Pacto Seguro

Ligue já
229 039 777
933 303 028
Seguro Automóvel - Pacto Seguro  

Proteção pessoal

+ Informação

+ INFORMAÇÃO
Utilize este espaço para expor todas as suas dúvidas.

Nome *
Telefone *
E-mail *
Assunto *
Observações
Sou cliente Pacto Seguro
* campos de preenchimento obrigatório

Reposição Salarial

► Clique em + INFORMAÇÃO e preencha o formulário ou envie-nos um email para comercial@pactoseguro.com

► Responderemos logo e fica a saber quanto poupa no seu Seguro de Reposição Salarial com a Pacto Seguro.

 

Os trabalhadores independentes têm aumentado em Portugal e por este facto a sua proteção é crucial para quando está de baixa por doença ou acidente garantindo a sua estabilidade económica e a da família.


Coberturas inovadoras como estas estão garantidas nesta proteção global:

  • Elevadas Indemnizações em caso de Morte ou Invalidez Permanente.
     
  • Protecção á sua remuneração em caso de complicações Pré-Parto (para as mulheres).
     
  • Condução de Veículos motorizados de duas ou mais rodas sem qualquer agravamento.
     
  • Isenção do Pagamento de Prémio durante 2 anosem caso de Invalidez.
     
  • Prática de todo o tipo de desportos enquanto amador.

 
Porque motivo necessitam os Profissionais Liberais desta proteção?
 
Para garantir os seus rendimentos médios em caso de paragem do seu trabalho por uma doença ou acidente.
 

Qual o Plano de Previdência actualmente em vigor para Trabalhadores Independentes?
 
Em Portugal:

a) 2 Opções: 
Regime Obrigatório que não inclui protecção em caso de doença e um Regime Suplementar que inclui exclusivamente um Plano de Protecção em caso de Doença.

b) A Contribuição para a Segurança Social incluindo o Regime Suplementar é de 32% sobre as Remunerações Declaradas (25,4% para o Regime Obrigatório).

c) A Franquia aplicável em caso de Doença é de 30 dias.

d) Período de Indemnização limitado a 365 dias.

e)  Limite máximo de remuneração a declarar são 10 IAS.
                (máximo 4.888,92€)

 

Artigo da revistal Dental Pro, da autoria de Teresinha Pereira, diretora da Pacto Seguro.

A nossa qualidade de vida depende exclusivamente do rendimento provindo do trabalho e a questão mais levantada é a afetação que poderá ter se ficar de baixa por uma doença ou um acidente.

Será que a segurança social é suficiente para conseguir corresponder aos compromissos financeiros? Esta é a grande preocupação e a grande dúvida.

Vamos tentar perceber matematicamente as perdas de rendimento derivadas por uma incapacidade temporária.

A segurança social só atribui a baixa ao profissional liberal a partir do 31º dia e no máximo de 365 dias, caso não seja por tuberculose que não tem data limite termo.

Se um médico dentista tiver um rendimento mensal médio de 1.200€ e contrair uma doença que o impossibilite de trabalhar durante 2 meses, esse rendimento será afetado e receberá apenas uma percentagem a partir do 2º mês de baixa.

Como contornar este cenário por forma a não prejudicar a sua qualidade de vida e os seus compromissos financeiros?

Poderá contratar um seguro designado por Reposição Salarial que lhe assegura a totalidade do seu rendimento médio ou a parte que fica a descoberto pela segurança social e por um período máximo de 2 anos.

É um seguro inovador em Portugal e que vai ao encontro de todos aqueles que procuram uma solução que lhes garanta o rendimento em caso duma incapacidade para o trabalho quer por doença, quer por acidente. Esta solução tem uma cobertura 24 horas por dia quer esteja a trabalhar ou quer esteja na sua vida privada e um âmbito territorial mundial. Esta solução prevê vários planos de remuneração podendo o dentista ajustar às suas necessidades reais.

Complementarmente, os profissionais liberais contratam o seguro de acidentes de trabalho (obrigatório por lei), habitualmente pelo salário mínimo nacional, o que representa uma indemnização de 70% dessa remuneração colocando em causa os rendimentos mensais do profissional caso sejam muito superiores.

 

► Vamos clarificar 2 casos concretos:


::: Rendimento médio mensal dum dentista de 1.500€.

Baixa por acidente de trabalho por um período de 45 dias.

Seguro AT feito para um salário de 700€.

Rendimento da baixa 490€.

Solução:

Seguro de Reposição Salarial com um salário de 1.500€.

Em caso de baixa de 45 dias receberá 2.100€.

Assim sendo nesta baixa receberia 2.100€ + 490€ = 2.590€.

Os 2 seguros são cumulativos e, desta forma, a sua qualidade de vida não fica afetada.


::: Rendimento médio mensal de 3.500€

Baixa por Acidente em lazer por um período de 75 dias

Segurança social comparticipa parte desse valor a partir do 31º dia

Representa uma significativa perda de rendimento.

Solução:

Seguro de Reposição Salarial com um salário de 3.000€.

Em caso de baixa de 75 dias receberá 7.200€.

Assim sendo nesta baixa receberia parte da segurança social acrescido do seguro no valor de 7.200€.

Esta é uma solução única que promove a sua segurança financeira sem ter de se preocupar com perdas de rendimento.

Artigo da autoria de Teresinha Pereira, diretora da Pacto Seguro
Tel.: +351 229 039 777 | Tlm.: +351 933 303 028
Email: teresinha.pereira@pactoseguro.com
Web: www.pactoseguro.com

Artigo da Revista DentalPro
Precisa de Ajuda? Fale connosco! Pacto Seguro - Facebook Pacto Seguro - Linkedin